terça-feira, 11 de outubro de 2011

Deus fecha portas sim.

Precisava escrever algo rápido sobre o nosso Deus que fecha portas sim, e as vezes não abre janelas .E comecei a lêr o livro de Atos e achei algumas inspirações...

O Deus que fecha portas...
Texto base – At. 16 e 17
Introdução
É muito comum nós orarmos assim: “Senhor abra uma porta; uma porta de emprego, de uma viagem, de um namoro, de uma restauração de saúde, de uma oportunidade para pregarmos o evangelho, etc.” Também é muito comum o fato de que quando a porta pela qual oramos, não se abre, então, consideramos que Deus não nos respondeu, ou se respondeu, o fez negativamente. Será que uma porta que Deus não abriu foi uma ausência de resposta divina mesmo? Será que uma porta que Deus não abriu foi uma resposta negativa da parte de Deus? Será que uma porta fechada não pode ser uma benção de Deus disfarçada de obstáculo? Você já parou para pensar nisto? Nossa tendência é a precipitação da negatividade e reclamação com Deus.
Observemos o que a Bíblia nos ensina em atos 16 e 17. Nestes dois capítulos, Paulo juntamente com Silas e Timóteo, empreende a segunda viagem missionária. O Alvo é a Ásia. No trajeto por Eles traçado, o Senhor intervém duas vezes – At. 16. 6- 7; e Eles são impedidos pelo Espírito Santo de irem para Ásia, ou seja: Deus fechou aquela porta pela qual oraram, se prepararam, e empreenderam a viagem. Simplesmente no meio do caminho, Deus fechou a porta. Ao invés da Ásia, o Senhor os enviou para a Europa – At.16. 9-12.
Como foi que Eles reagiram a esta mudança de planos? Como foi que eles reagiram diante das portas fechadas e da porta que Deus abriu? Que atitudes eles tiveram? Como viram esta situação?

Que frutos isto produziu?

Primeiro: Eles por se sujeitarem à indicação de Deus, entenderam que seus planos não eram os planos de Deus e que a vontade de Deus deveria ser a sua vontade.
Não houve reclamação; não houve indignação; eles não se revoltaram por Deus os permitir vir até ali e agora dar outra direção. Nada disso aconteceu. Por quê? Porque, eles sabiam que “o coração do homem pode fazer planos, mas a resposta certa vem dos lábios do Senhor” - Pv.16.1. Eles eram servos de Deus, eles não eram os comandantes, mas os comandados.
Irmãos, é assim que devemos ser também. Muitas serão as vezes que faremos nossos planos e que estes planos não serão o que Deus quer e tem para as nossas vidas. Deveremos então seguir o exemplo de nossos irmãos e “aquietarmos e sabermos que Deus é o nosso Deus”. Sua vontade deve ser nossa vontade e que nossa vontade deve estar conformada totalmente à vontade de Deus. Nosso lema de vida deve ser: “Não a nossa vontade, mas á tua vontade Senhor”. “Não meus planos, mas os teus”.

Segundo: Eles por se sujeitarem à vontade de Deus, partiram imediatamente para onde Deus os mandava – At.16. 9-11.
Observemos as ações deles diante das portas fechadas e da porta aberta: 1. Prontidão de obediência. 2. Sujeição completa ao novo rumo estabelecido por Deus. Toda a segunda viagem missionária deles foi então alicerçada no que Deus estabelecera. Os Capítulos seguintes nos mostram isto.
É isto que deve acontecer com nossas vidas também. Devemos caminhar sob a vontade de Deus. É assim que devemos andar. Quando Deus fechar uma porta, devemos confiar que ele está fazendo o melhor, mesmo quando ainda não vemos a outra aberta. Deus não erra. Deus não se equivoca. Os planos de Deus são perfeitos. Seu caminho é seguro.

Terceiro: Eles colheram frutos abundantes quando as portas se fecharam e Deus agiu. Atos 16 e 17 nos mostram várias pessoas e até famílias inteiras se convertendo. É em Atos 16 que Lídia se converte, uma vendedora de púrpura; também, o carcereiro de Filipos com toda a sua família é salvo. No Capítulo 17 os missionários passaram três semanas em Tessalônica, e nasceu a igreja dos Tessalonicenses. A viagem tornou-se frutífera. As janelas dos céus foram abertas e benção sem medida caiu. Note, as portas fechadas para eles, nada mais eram do que a oportunidade que eles estavam tendo de viverem exatamente dentro da vontade de Deus. Quando uma porta se fechar, pare, ore, escute. Certamente Deus está levando você para os planos dEle. É ora de aquietar, se sujeitar, esperar e manter seus olhos fixos em Deus.

Conclusão:

Portas fechadas podem significar benção dobrada. Não brigue com os que estão á sua volta, não se revolte contra Deus. Não se precipite. Espere. “entregue o seu caminho ao Senhor, confie nEle e o mais Ele fará”.

4 comentários:

  1. Paz do Senhor... Gostei muito do seu blog...Muito lindo..Deus abençoe..e fica sempre visitando o meu http://jovensevangelicosdobrasil.blogspot.com/
    Fican apaz

    ResponderExcluir
  2. Eu continuo muito magoada, tento aceitar, oro mas não consigo entender. Sei que tive uma vida torta, eu que tenho hj 24 anos nunca fui evangélica porem sempre tive muita fé em Deus. Em um período atrás resolvi conhecer varias outras religiões, fiz parte da cultura espirita cigana. Fui morar com um rapaz que tbm fazia parte de lá e fui infeliz por 9 meses com ele, minha vida profissional era boa, conseguia tudo que eu queria, depois que eu resolvi sair dessa religião, larguei o rapaz que eu morei pq não era feliz com ele, perdi emprego perdi tudo. Hj moro com minha mãe, tenho muita fé em Deus vou a igreja as vezes, oro todos os dias, me coloco de joelho para falar com Deus, leio a bíblia e tento fazer o melhor pelas pessoas, devido a minha fé ate minha mae e meu padrasto que não frequentavam religião nenhuma tbm vão a igreja e mudaram certos habitos. Mas a minha vida não anda, continuo sem emprego, vivo dependendo e não consigo fazer nada da minha vida. Fiz cursos e tecnico, meu currículo é bom e não consigo nem para trabalhar em mercado. To sem saber oq fazer, eu aceito que isso seja vontade de Deus, mas não entendo. Perdi oportunidades de ouro, sem nem saber pq. Não sei mais oq fazer, só da vontade de chorar. Não consigo enxergar oq ta acontecendo na minha vida. Me sinto um lixo que só da despesas, pq nem ajudar eu posso. Deus fechou a minha porta mas não abriu a janela, to estagnada, não saio do lugar.

    ResponderExcluir
  3. Eu continuo muito magoada, tento aceitar, oro mas não consigo entender. Sei que tive uma vida torta, eu que tenho hj 24 anos nunca fui evangélica porem sempre tive muita fé em Deus. Em um período atrás resolvi conhecer varias outras religiões, fiz parte da cultura espirita cigana. Fui morar com um rapaz que tbm fazia parte de lá e fui infeliz por 9 meses com ele, minha vida profissional era boa, conseguia tudo que eu queria, depois que eu resolvi sair dessa religião, larguei o rapaz que eu morei pq não era feliz com ele, perdi emprego perdi tudo. Hj moro com minha mãe, tenho muita fé em Deus vou a igreja as vezes, oro todos os dias, me coloco de joelho para falar com Deus, leio a bíblia e tento fazer o melhor pelas pessoas, devido a minha fé ate minha mae e meu padrasto que não frequentavam religião nenhuma tbm vão a igreja e mudaram certos habitos. Mas a minha vida não anda, continuo sem emprego, vivo dependendo e não consigo fazer nada da minha vida. Fiz cursos e tecnico, meu currículo é bom e não consigo nem para trabalhar em mercado. To sem saber oq fazer, eu aceito que isso seja vontade de Deus, mas não entendo. Perdi oportunidades de ouro, sem nem saber pq. Não sei mais oq fazer, só da vontade de chorar. Não consigo enxergar oq ta acontecendo na minha vida. Me sinto um lixo que só da despesas, pq nem ajudar eu posso. Deus fechou a minha porta mas não abriu a janela, to estagnada, não saio do lugar.

    ResponderExcluir
  4. Nessa momento escrevo com às lágrimas rolando pelo meu rosto, estou sem carteira assinada a dois anos e meio, nesse período trabalhei como doméstica, babá entre outros porém era serva de Deus a mas ou menos um ano Deus falou que as portas estavam fechadas na minha vida não aceitei ate porque tenho dois filhos pra criar continuei procurando fiz muitas entrevistas mas n passei em nenhuma com o tempo foram acontecendo muitas coisas que foram abalando a minha fé sofri uma decepção muito grande no meu casamento acabei saindo da igreja largando a obra e o meu ministério, a esperança de arrumar um emprego sumiu, tenho batido em várias portas mas só escuto não estou desesperada me sinto inútil porque Deus não quer abrir as portas o que fasso estou perdida triste tennho pensamentos maus vontade de morrer pra n viver dependendo dá ajuda das pessoas

    ResponderExcluir